Buscar

Seguidores

Visitas



E a vida vai seguindo...

A nossa vida aqui em casa anda super corrida, motivo pelo qual não ando conseguindo atualizar o blog com a mesma frequência.
Tem dias que tudo rende, mas tem dias que não adianta, nada sai do lugar. 

Casa:
Aqui em Porto Alegre o tempo é super úmido, principalmente no inverno, o que torna a função "roupa" muito mais demorada. Demora cerca de 2 a 3 dias pra secar, principalmente quando são tecidos grossos como moletons, por exemplo.
Nisso vai acumulando, acumulando.. e quando percebo, minha área de serviço tá tomada de roupa por todo canto.

Blog:
Eu faço a programação de postagens da semana sempre, mas nem sempre consigo cumprir, ando extremamente cansada e quando tenho tempo (à noite, depois que os guris dormem, pelas 20h) acabo fazendo tantas outras coisas que me passo. Minha cabeça cansada, sem conseguir pensar. Prefiro não escrever, do que postar uma matéria vazia, sem conteúdo. Ou faz bem feito, ou não faz, né?!

Filhos:
Andam numa fase meio rebelde sem causa.
Me testam o dia todo, querem chamar minha atenção, se batem, brigam, abrem as gavetas da sala e tiram todas as toalhas e panos de prato do lugar, viram mamadeiras no chão com leite. Então, quando arrumo um lado, o outro suja.
Anda bem complicado mesmo. Mas é como eu disse no início da postagem, depende do dia. Tem dias que eles colaboram muito, e tem dias que isso não acontece!
Eles ainda não vão pra escolinha, então aqui é TU-DO comigo.

Cachorro:
Lembram que eu havia dito que os guris tinham ganhado um cachorrinho, né?!
Pois é, não deu pra ficar com ele. O motivo maior foi o fato de não ser permitido cachorro aqui e eu não sabia disso. Eu tinha a Meg antes, mas morava em outro apartamento. Acabou sendo melhor, porque o cachorro estava muito inquieto aqui em casa e com isso, estava mordendo todos nós, inclusive os guris. Pedro estava com arranhões no corpo todo, que chegou ao ponto de sangrar, voltaram as alergias dele e se o cachorro estava junto com eles, era sinônimo de mordidas e arranhões FORTES. Ou seja, sempre tinha alguém preso: o cachorro (latindo) ou os guris. O que eu achava injusto pros dois lados.
Um amigo meu disse que estava procurando um cachorro, mora em casa, tem pátio e achava que poderia me ajudar. Então, Quincas mudou de casa e desde sábado mora numa casa com pátio, outro amigo cão e os guris conseguem andar pela casa mais livremente, digamos assim. E eu não me incomodo no condomínio.
E o bom é que por ser uma pessoa conhecida minha, estaremos sempre sabendo como está o nosso Quincão!

Vamos ver se consigo voltar a me organizar melhor. Faz 2 dias que estou tentando fazer isso funcionar, veremos se dará certo e vou mantendo vocês informadas!

Ah! Se vocês quiserem que eu fale sobre algum assunto específico, me digam, assim posso pesquisar melhor e falar sobre o que vocês querem ler!

Um comentário:

  1. Essa é uma fase difícil mesmo né Bru! Mas tenho certeza que tu vai conseguir se sair muito bem, como sempre!!!

    Nos mantenha informada sempre, pq eu tbem to chegando nessa fase!!!!!
    Ah, e sobre o cachorrinho, acho que tu agiu corretamente!!!!!!

    Bjin,
    Fernanda

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário! :)