Buscar

Seguidores

Visitas



Dicas para viajar SOZINHA com crianças

Semana passada viajei com os guris pra Curitiba, fomos de avião. No sábado pela manhã fomos de Curitiba pra Camboriú, Domingo voltamos pra Curitiba e Terça voltamos pra Porto Alegre. Ufa!

A ideia do post de hoje é passar algumas dicas pra quem vai viajar de avião com seus filhos:

Eu já viajei de avião com eles 3 vezes, uma quando eles tinham 3 meses, outra com 9 meses e agora com 2 anos. Mas essa foi a primeira vez que eu viajei SOZINHA com os dois, sem ninguém pra me ajudar.

Pausa para uma informação que muita gente não sabe: As companhias aéreas têm uma regra de que para cada criança menor de 2 anos (24 meses) deverá ter um responsável maior de 18 anos.
Portanto, eu não podia viajar sozinha com os dois guris antes de completarem os dois anos.

A primeira coisa que deve ser levada em conta é o horário da viagem.
Vou dar as dicas de acordo com o que aconteceu comigo e como foi.

Se o seu filho não tiver RG ainda, indico que o faça. É mais prático e seguro levar o documento que vai no plástico e pequeno, do que levar uma folha de ofício dobrada pra apresentar no mínimo duas vezes.
Lembrem-se que quanto mais a mão as coisas estiverem, melhor.

Viajei à noite pois era o horário que eu teria quem me buscasse no aeroporto de Curitiba, mas digo que pros guris não foi a melhor escolha visto que, normalmente nesse horário eles estão sendo preparados para dormir.

O bom é que o tempo de voo é de 50 minutos, então o que eu fiz?
Calculei o tempo de voo e levei entretenimento pra eles pra esse tempo.
Por exemplo: Quanto tempo eles levam pra "ler" um livrinho? Pra comer? Pra brincar com um carrinho? Entendem?

Meu celular estava quase descarregando e não pude colocar o aplicativo de bichinhos que eles gostam pra eles brincarem, então tive que distraí-los com outras coisas. Meu notebook foi despachado junto com a mala, pois eu não tinha como carregar mais isso comigo, portanto não pude colocar nenhum DVD.
Eu não tenho dvd portátil nem iPad, ou seja? Tecnologia ZERO!

Por sinal, daí surge outra dica: leve o mínimo de malas de mão possível. Até a minha bolsa foi despachada dentro da mala. Eu tinha que ter as duas mãos livres pra segurar eles, então tinha uma lancheira pequena atravessada no corpo e uma mochilinha pequena deles também nas costas.

O que eu levei na bagagem de mão?
Bicos (chupetas)
Mamadeiras prontas
Biscoitos de maisena
Carrinhos HotWheels
2 Gibis
1 Livrinho
Água
Paninho de boca
2 fraldas descartáveis
Paracetamol e uma colher pra dar o remédio caso necessário
minha carteira e celular.

A viagem de ida foi mais agitada. Eles não choraram, mas estavam inquietos.

Já na volta, eu resolvi dar umas gotinhas de Dramin para que eles relaxassem mais. Acontece que não me dei conta que eles já estavam com sono e mesmo assim dei as gotinhas. Resultado? DORMIRAM FERRADOS na viagem. Até aí, tudo bem... mas... sempre tem um MAS.

Mas quem disse que eles acordaram na hora de sair do avião?! Não havia santo que fizesse com que eles acordassem. Chapei meus filhos, mãe de merda. Até que um ser de bom coração, alemão de 3m de altura, me oferece ajuda. Ele vê eu quase dançando Lek lek pra acordar os guris e se compadece.
Pegou o Pedro pra mim e foi com ele até a parte das malas, onde o entregou pra dinda deles que estava nos esperando. Enquanto isso, eu com Lucca no colo e tendo que pegar as malas. Ô coisa mais linja essa. As primeiras coisa que vieram foram as cadeirinhas de carro, o que me ajudou, pois o coloquei sentado numa delas e pude pegar a mala que faltava.

Depois viemos pra casa normalmente.

As dicas não ficaram em tópicos, mas sim em uma espécie de relato resumido das viagens de avião.

Já nas viagens de carro (ida e volta de SC), levei travesseiros pra ajudar no soninho nas cadeirinhas, água, bolachinhas, os ursinhos que eles adoram, livrinhos e muita musica na playlist.







5 comentários:

  1. Eu já fiz uma longa viagem de 18 horas de carro, na época o Vini tinha 1a6m, não foi fácil rsrs
    Também dei dramim para ele relaxar e também para não ficar com náuseas, mas ele apagou a manhã toda, aí não dei mais rs
    Que Mãe nunca? né?

    Uma dúvida que surgiu, você tem menos de 18 anos???

    Estou te seguindo, beijos

    www.viniciusmamaequedisse.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Regiane!! Pois então, agora serão meia doses sempre que precisar! Hehehehe..

      Sobre a idade, não, tenho 26! Quando falo de maiores de 18 anos ali em cima, é porque são duas crianças, precisava sempre que mais alguém fosse comigo. Agora que eles têm 2 anos não precisa mais!

      Beijos e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. Nossa que aflição! hahaha imaginei seu desespero.

    tbm ri mto com (chapei meus filhos).... mas enfim,acontece né?

    Adorei asdicas.

    beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É né Jess, eu espero que aconteça mesmo com outras pessoas! Hehehehehehe..

      Beijão!

      Excluir
  3. Pois é o Miguel sempre foi muito bom de viagem. Normalmente dorme o trajeto todo, mas se acorda colocar música pra ele já resolve pra ajudar a relaxar. Mas claro, sempre viajamos de ônibus e de carro. Estamos planejando uma viagem de avião no final do ano, mas será de 12horas!!! Não sei como será pra ele, porque eu provavelmente já vou estar um pouco nervosa por nunca ter viajado de avião... Tem outras dicas para viagens mais longas?
    Beijos, adorei o post! =D

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário! :)