Buscar

Seguidores

Visitas



O Chá de Fraldas da Raquel


Quando a Raphaela me disse que iria fazer os Sequilhos que eu ensinei aqui, para o Chá de Fraldas da filha Raquel, fiquei só de olho no que essa fotógrafa e integrante do Grupo Gente Miúda faria.

Pedi que ela escrevesse sobre o Chá de Fraldas aqui, porque foi muito fofo, e com ideias retiradas entre outros lugares, aqui do blog.

Com vocês, a Raphaela:

“A Bruna me pediu pra falar sobre meu chá de fraldas e eu adorei a ideia! Então vamos lá!

Antes mesmo de engravidar eu já pensava no meu chá, nunca cogitei a ideia de fazer chá de bebê, sempre pensei em fazer de fraldas mesmo, e a ideia só se confirmou ao longo da gestação, principalmente por ter ganhado praticamente todo o enxoval da Raquel. Então o que eu realmente precisava era de fraldas, muitas fraldas.

Pesquisei muito, pedi ajuda aos universitários, em todos os grupos de maternidade que eu participo, o GM e alguns no Facebook, perguntava sobre brincadeiras, já que a decoração eu já tinha tudo meio que planejado na cabeça.

Eis então que comecei a organizar as coisas com 3 meses de antecedência. A data ficou decidida que seria dia 07/07, adoro essas coisas de datas que combinam. Tudo idealizado desde março/abril.

Quando engravidei, pensei nas cores que gostaria de fazer as coisas do bebê, se fosse menino ou menina não queria nada tradicional, queria coisas coloridas, a começar pela decoração do quartinho, então no chá não poderia ser diferente. Escolhi o mesmo tema que estava fazendo as coisas para o quartinho dela e as mesmas cores. Seria tudo com motivos de passarinhos e tudo colorido, em tons mais suaves.

Eu tenho a grande sorte de ter um sócio/primo que além de ser ótimo fotógrafo (olha o jabá da nossa empresa rsrsrs) é também fera em design. Então conosco funciona assim, eu tenho um pensamento, a ideia surge, ele capta a minha mensagem e em menos de um dia tudo está pronto! E pra melhorar ainda mais a coisa, ele trabalha numa gráfica!! Então toda a papelaria do chá foi criada por nós e executada por ele, fácil e simples assim.

Convite criado, teve a versão impressa e a digital.


Agora era planejar o restante. Quantas fraldas, quantas pessoas... Fiz uma lista de toooodas as mulheres que eu gostaria de convidar, aquelas que eu gostava e que gostaria de que estivessem comigo nesse momento, incluindo suas filhas somente. Pois para minha surpresa deu cerca de 80 mulheres!!! Número grande, então achei um salão que coubesse todo mundo ou senão teria que começar a ser mais antipática com as pessoas, poderia usar a desculpa dos hormônios da gravidez, né?! Não, não ia colar rsrsrs. E quanto menos pessoas eu convidasse, menos fraldas iria ganhar e como essas festas a gente faz por puro interesse mesmo, não adianta negar, então quanto mais gente melhor.

E agora? Comida pra esse povo todo? Comprei refrigerantes, usei a listinha que foi publicada aqui no Gente Miúda com dicas para chá de fralda e deu tudo muito certo, até sobrou por que como estava mesmo frio, fiz chá. A sogra e a tia do meu marido fizeram tortas, cachorro quente, patês, mousses lindas e tortas salgadas. Eu fiz tortinhas de limão e minha irmã fez cupcakes junto com uma amiga minha da faculdade, cada uma fez metade dos bolinhos. Para decoração usamos balões coloridos, um verdadeiro jardim ficou aquele salão de tão colorido que ficou. Meu sócio fez as plaquinhas que pedi com “Chá da Raquel” e fiz um varalzinho com roupinhas coloridas dela. Ficou tudo muito lindo, mimoso e simples ao mesmo tempo. Ficou mesmo do jeito que eu queria.


E o dia chegou depois de alguns contratempos e de stress meu mesmo, choveu muito, foi uma semana quente seguida de um fim de semana frio e chuvoso. Muitas pessoas que já haviam confirmado que iam, desistiram de ultima hora e isso me deixou arrasada um dia antes, estava muito sensível com todos os preparativos e realmente muito cansada, tive pouca ajuda, se não fosse pela minha irmã, teria pirado. Mas tudo valeu à pena por que no dia foi mágico!

Revi pessoas muito importantes pra mim que não via fazia muito tempo, revi pessoas que não via fazia só alguns dias e foi muito gostoso dividir esse momento especial com pessoas que me fizeram sentir amada e mostraram o quanto estavam ansiosas pela chegada da Raquel. Muitas delas sabiam da nossa luta para esse bebê ser uma realidade e estavam ali de braços abertos para nos fazer sentir amados.


As brincadeiras foram rápidas e simples, fiz uns mimos para quem ganhava ou participava. (Sim, com a gravidez descobri que posso costurar!!) E foi tudo muito gostoso. Minha cunhada ficou responsável por essa parte das brincadeiras.


As lembrancinhas foram saquinhos de sequilhos, bolachinhas de goma que peguei a receita aqui do GM, suuuper fáceis de fazer. Dobrei a receita, mas ao invés de usar apenas 500g de amido de milho pra cada receita, usei um pouco mais, no olhômetro mesmo, ficou bem solto da mão e fez o MAIOR sucesso!! Ah, dei meu toque especial com corante comestível líquido. Dica: Pode ser corante líquido, mesmo sendo usado em massa, é mais barato e tinge muito mais rápido do que o em gel. Foi o toque especial, todo mundo ficou encantado. As almofadinhas eram os brindes das brincadeiras e elas eram perfumadas com essência de camomila, assim como os passarinhos das mesas e os grandes.


Se faria outra vez? Com certeza, mas talvez fizesse um pouco menos elaborado ou relaxaria um pouco mais, sei lá. Mas é complicado você pedir ajuda quando tudo o que vai acontecer já está esquematizado na sua cabeça e eu sou uma pessoa de detalhes, é uma coisa necessária na minha profissão, então não tinha muito pra onde fugir.


Então foi isso, depois que passou o chá parecia que um caminhão tinha passado por cima de mim, mas foi muito gostoso e valeu muito à penas. Contabilidade?! Devo ter gasto uns R$300,00 ao todo, mas ganhei cerca de 1.500 fraldas, todas M e G, decidi pedir somente esses tamanhos já que já tinha um certo número de P. Pedi também lenço umedecido para aquelas pessoas que iam a mãe e as filhas junto, o que rendeu cerca de 15 pacotes de lenços umedecidos da Johnson`s e da Turma da Mônica. Valeu muito à pena e eu saí feliz no final das contas. Cansada, mas feliz.”

Fofo esse Chá, né mamães?! Eu adorei poder ajudar mesmo que indiretamente e poder mostrar pra vocês como ideias simples podem se transformar em algo delicado e único!

Parabéns Rapha, pela tua dedicação, carinho, bom gosto e confiança em compartilhar as fotos e ideias aqui no Gente Miúda!

Quer escrever pro blog também?! Clica aqui e me escreve!

Beijo,
Bru.

14 comentários:

  1. Lindo! Adorei tudo. E os biscoitinhos ficaram mesmo super delicados.
    Parabéns e boas vindas para a Raquel!
    Beijo,
    Ana

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo, muito delicado e muito bem planejado. Adorei tudo. Parabéns Rapha!!!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo, gente!!
    Adorei!!

    Parabéns, Rafa!
    Bjs.
    Paola Condessa

    ResponderExcluir
  4. Amei as cores, tudo estava lindo Rapha ! :)

    ResponderExcluir
  5. adorei parabens....Roberta Aprea

    ResponderExcluir
  6. Ficou tudo muito lindo mesmo. A Rapha eh minha amiga e deu varias dicas pra eu conseguir fazer o meu cha tb!!! Bjao

    ResponderExcluir
  7. Chá mais criativo que eu já fui!!!!
    manu

    ResponderExcluir
  8. Beeeem legal!! Parabéns! Bjs

    ResponderExcluir
  9. Um charme! Parabens!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário! :)