Buscar

Seguidores

Visitas



Como é ser gêmeo (Parte II)?


Hoje a postagem sobre como é ser gêmea, é escrita pela minha amiga Simone. Adorei a participação de duas amigas que souberam colocar em palavras, brevemente, alguns aspectos pontuais sobre como é ser gêmeo.

"Desde o nascimento aprendemos a dividir.
Dividimos a família, o quarto, ás vezes o berço, o abajur, o tapete, as cortinas...
Mas o mais difícil é dividir a mãe. A mãe tem que se dividir em duas.
Tem que afagar quando um chora e amamentar o outro, quando não faz isso ao mesmo, já que tem dois braços.
Só faltava ter dois corações.
Se bem que um só já é grande o suficiente, cabe todo mundo.
“Tu é tu ou é a tua irmã?”
“Achei que era uma pessoa só”
“Tu é a clara e ela, a gema?”
Bah odiava ouvir isso. Eu sou eu. A Silvane é a Silvane.
Cada gêmeo tem a sua personalidade.
A Simone é a de vermelho
A Silvane é a de azul.
Deve ser por isso que sou colorada eheheheh
“A Silvane tem as unhas mais compridas,vermelhas e tá sempre de tênis preto.”
“A Simone tem as unhas brancas e os tênis brancos também.”
“Ah uma é bem mais cheinha que a outra”
“Cheinha não, fofinha”
“Uma tem uma pintinha no rosto ó”
Não acho interessante vestir gêmeos com a mesmíssima roupa, cor, tudo.
Fica uma graça nas fotos, mas cada um é cada um.
Foi difícil para mim perceber que eu era só uma, porque toda a minha vida me chamaram de “as gêmeas”.
Quando eu fiz um curso de computação aos 15 anos eu entrei pela primeira vez sozinha numa sala de aula. Eu era a Simone.
Eu não era “as gêmeas” “Eu nunca sei qual é qual”
“Ah é tudo a mesma coisa” Pior frase de todas, nunca use.
Não é a mesma coisa de maneira nenhuma.
Uma é calma e a outra, agitada.
Uma tem um olhar sereno e busca o seu espaço, a outra é moleca, sapeca, descontraída e já conquistou a todos.
Uma alisa os cabelos, a outra, prefere os cachos.
Uma quer um amor verdadeiro, a outra, vários amores.
Conheça cada gêmeo e o valorize, porque ele é um só, tão especial que Deus enviou outro para ele ensinar e aprender a dividir enfim, a vida."

A Si e sua mana Silvane:

Na ordem: Silvane e Simone


Obrigada pela participação Si!!!

Beijos, beijos e beijos,
Bru

3 comentários:

  1. Adorei o relato da Si, me vi em vários trechos, realmente nós mesmos nos confundimos ne?A proximidade é tanta que somos o reflexo do outro em muitas coisas!

    Eu só entrei sozinha sendo eu mesma,a Gislaine, quando fui para a Brigada, tinha 21 anos!!!rsrsrs...até os 21 fazíamos tudo juntas, cursos, trabalho, faculdade, mas era muito bom, muito mesmo!!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o relato! E agora queria ler o relato de gêmeas bem diferentes, como as minhas, conhece alguma, Bru?
    bjs

    ResponderExcluir
  3. maravilhoso!
    e lendo essas frases é fogo... é o que ouço todos os dias por aqui.
    minhas meninas vão sofrer o que todos os gêmeos sofrem! como assim "são a mesma coisa" acho essa a pior, e ate as tias falam dessa forma.
    quero muito eu evitar da nossa parte (papai e mamae) de cometer essas mancadas. por enquanto elas decidem que querem se vestir iguais, e eu deixo que elas sejam como são mesmo.
    agora, sabe que me pergunto se elas sabem que são 2 e não 1? pq elas trocam de nome constantemente e pq as vezes dizem "meu nome é isis anita". acho estranho; rsrsrs
    odeio quando se referem a elas como "as gêmeas" pq nao falam os nomes?

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário! :)