Buscar

Seguidores

Visitas



Terça Insana: Seu filho caminha?

Cada fase da criança tem suas perguntas básicas.
Começa pela barriga: É menino ou menina?
Até os 6 meses: ele mama no peito? ele senta?
Dos 6 aos 12: Ele fala mamãe? Ele brinca sozinho?
Aí, bem pertinho do 1º aninho começa a fatídica pergunta: Eles caminham?
Não. Eles ainda não caminham.

Que pressão mais chata que as pessoas fazem! Cada criança tem seu tempo. Os guris ensaiam os passos, ficam em pé sozinhos, dão alguns passinhos sozinhos, mas não posso dizer que estão caminhando de fato.

Não, gêmeos não são mais lentos. Não, ao contrário do que muita gente acha, e que eu mesma achava, meninos não são mais lentos que meninas.

Fui pesquisar a respeito, e segue um trecho do que eu encontrei:

"Pode ser um pouco antes ou depois (de um ano), de acordo com a elasticidade das juntas e do ritmo de desenvolvimento de cada um. É preocupante só quando passa muito de 1 ano e 4 meses”
Revista Crescer

Os guris estão com 1 ano e 1 mês e estão no tempo certinho. Está tudo sendo aos poucos. No tempo deles.

Acontece que as pessoas não pensam que ao ficar fazendo comentários do tipo "ai, ainda não?" ou qualquer coisa do gênero, podem fazer a mãe da criança se sentir mal, incompetente, diminuída.
Isso não acontece comigo porque eu tenho plena certeza de que eu estimulo meus filhos no tempo deles.
Estaria mentindo se dissesse que não estou ansiosa pra vê-los caminhando e correndo por tudo, mas sei que eles irão caminhar "de vez" quando estiverem seguros. E aí ninguém mais segura essa dupla!!!

Agora me contem, vocês acham também que as pessoas pressionam um pouco algo (não sobre caminhar somente) nos seus filhos?

Beijos,
Bru

15 comentários:

  1. Sim as pessoas enchem o saco toda hr perguntando "ai ja faz isso ja faz aquilo, então tu tem que ensinar!!" Querem que eu faça o que de uma surra por dia ate fazer o que elas querem? Vão se catar!!! :P
    Mas que da vontade de mandar longe dá ô se dá!!!
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse post hoje!!
    Comigo sempre sempre acontece o mesmo!!
    Ela vai fazer 11 meses e as pessoas já cobram
    -não caminha
    -não fica em pé sozinha
    -não isso
    -não aquilo
    A gente se sente até constrangida às vezes se está fazendo do jeito certo...
    Mas ai conversei com a pedi e ela falou a mesma coisa -cada criança tem seu tempo e não precisa força-la a nada nem precipitar as coisas!
    bjs Pri :)

    ResponderExcluir
  3. Aqui em casa o Miguel faz tudo antes do João... João começou engatinhar faz pouco tempo e confesso que as vezes a gente cobrava isso dele. Realmente quando entendi que cada cça tem seu tempo tudo ficou mais fácil.. E as pessoas cobram msm, até pelo fato de serem gêmeos... É muito chato isso!

    ResponderExcluir
  4. As pessoas vivem pressionando, vivem fazendo perguntas, mesmo quando uma criança é rapidinha e anda aos nove meses, tem alguém para perguntar outra coisa: ele ainda não fala frases????
    As pessoas são assim mesmo...

    Bru, gostaria de te convidar p[ara participar de uma blogagem coletiva que estou propondo em meu blog em homenagem ao dia das mães. Passe lá para saber mais. Vou adorar ter você participando dessa blogagem!!!

    Bjs!

    Lívia.

    ResponderExcluir
  5. Adoreeeeeeei esse teu post. perfeito como sempre. parece que sou eu falando. tb sinto uma pressao mto grande das pessoas, todas me cobram pq a Mirela não senta ainda com 6 meses, mas tudo aos poucos, nao vou forçar!!!! parabens Bru!!

    ResponderExcluir
  6. É justamente algo que os professores falham miseravelmentemente nas escolas: fazer-se entender que o mundo biológico é regido por um equilíbrio entre diversidade e estabilidade (genética).

    Além da parte mecânica (ossos, músculos, cartilagens) a parte neurológica de cada um se desenvolve dentro de um padrão, mas com muita variabiliadade. Eu ficaria preocupado com uma criança com seis meses caminhando e falando, e não com uma "atrasada".

    Como alguém pode estar "atrasado' se se desenvolve dentro de suas particularidades?

    ResponderExcluir
  7. Com certeza.
    Nesse momento eu passo pela pressão de: Nossa, sua barriga tá grande demais, tá engordando, hein?! Cuidado. Ou ainda, nossa, tá pequena... minha tia/cunhada/irmã/prima/vizinha/papagaio/cadelinha tinha a barriga maior pra 5 meses.

    É mole? Quer ver pior? O que, vc ainda não sentiu mexer com 18 semanas? Noooossa, mas com 12 semanas minha (as opções anteriores) já sentia mexer o bebê.

    Pessoal mais sem noção. Não entendem que estão lidando com sentimentos de pessoas com um nível de melindragem maior do que o normal? hahahaha
    Mas nem ligo, ou ligo pouco, bah.. depende do dia hahahaha

    Mas é isso ae, vc está certa... Cada criança/barriga tem seu tempo e a gente tem que saber que está fazendo a nossa parte e esquecer esses comentários..

    Seus bebês são lindos demais!
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. A minha filha caminhou com 1 ano e 4 meses e é muito esperta, perfeitamente normal! O pediatra me explicou que a idade para caminhar varia dos 9 aos 18 meses.

    ResponderExcluir
  9. Nossa essa pressão do mundo é horrorosa! Sempre levei em conta as críticas e comentários que ouço, mas desde quando engravidei me senti obrigada a trabalhar a cabeça pra ignorar certos comentários. Agora com minha bebê de 3 meses o pior de todos é quando pego a mamadeira... Aff, aí explico toda minha saga com amamentação, meu sofrimento, o sofrimento da pequena e de repente me arrependo porque NÃO preciso fazer isso!!! É um saco. Outra pergunta péssima é: E aí, ela é boazinha? Como assim minha gente, por acaso existe bebê mau? Acho uó considerarem bonzinho(a) um bebê que mama e dorme. Mas enfim, temos que treinar o entra por um e sai pelo outro! Beijo enorme.

    ResponderExcluir
  10. Bruuu, eu já acostumei com esses tipinhos aff... a pergunta da fase é ué, mas eles falam tão pouco né? Arrggg... vontade de estrangular!

    Só respondo que é da raça japa, falar menos e ouvir MAIS!

    Rss..

    bjs

    ResponderExcluir
  11. ah tem a do "agora falta um irmãozinho" credo nem me recuperei dessa gravidez ainda. Sabe que o inverso tb faz as pessoas dizerem umas merdas. Antonella já era bem durinha e firmou a cabeça bem cedo, pois teve gente me perguntando se isso não era problema neurológico. Aí mesmo sabendo que não, ainda assim fui chorar as pitangas pro meu marido e irmã, que são médicos, com medo de que fosse e eu estivesse sendo relapsa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah sim, como disse a Lê, pegar a mamadeira é certo de ouvir letrinha. Tenho ódio disso. E pode apostar que é criatura que não teve filho ou que quase não amamentou no peito que vem falar isso.

      Excluir
  12. Bru, sofri muuuuuuuuuita pressão com o Miguel, pq ele foi super "light", hehehe. Começou a engatinhar pra valer (de 4 apoios) lá pelos 10 meses e caminhar mesmo com 1 ano e 2 meses, em compensação já tentava comer sozinho com 8 meses e começou a tentar fazer palavras com 9 meses. Tudo dentro do esperado segundo os pediatras. Nunca tive pressa para que chegasse logo determinada fase dele, sempre quis curtir ao máximo cada uma e continuo assim.
    Quando ele tinha 9 meses, estávamos na recepção do consultório da pediatra e tinha mais 3 crianças aguardando: 1 menina e 1 menino da mesma idade do Miguel e 1 menino de 8 meses. O menino e a menina de 9 meses, sentavam sozinhos e engatinhavam (a menina caminhava se apoiando em objetos), mas não diziam nenhuma palavra; o menino de 8 meses já caminhava (meio aos tropeços, mas já caminhava) e não dizia palavras. Quando me perguntaram se ele já caminhava e eu disse que ele ainda nem engatinhava, me olharam com cara de espanto e começaram a exaltar as façanhas de seus filhos. Quando viram o Miguel sentado sozinho, sem apoio para as costas e sem cair para os lados, começaram a me comentar que os dois meninos não conseguiam ficar sentados sozinhos sem apoio ainda!!! Vê cada criança tem seu tempo, o problema é que alguns pais acabam ficando ansiosos até mesmo por sofrerem pressão como a gente e acabam influenciando que a criança antecipe fases. Acho um horror, mas cada um sabe como cria seu filho, né? Bj

    ResponderExcluir
  13. Bem legal mesmo esse post, às vezes me parece que há uma competição. Do tipo, feliz a mãe chega dizendo que o fulaninhp deus os primeiros passos e chega outra pessoa e diz, mas a fulaninha com essa idade da corria...puxa, dá um tempo. Cada pessoa tem seu tempo. Já dizia a minha sobrinha aos 2 ou 3 anos "meu é meu jeito". bj, Flávia

    ResponderExcluir
  14. Oi, Bruna é assim mesmo algumas crianças andam mais cedo e algumas demoram mais. Meu filho andou com 1 ano e 15 dias já a minha sobrinha com quase 1 ano e 6 meses. Acho que você não deve ficar grilada ou algo assim porque quando chegar a hora eles vão andar e você registre bastante esse momento pra guardar de lembrança enquanto isso curta os dois, pois eles crescem muito rápido.

    Bjssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário! :)