Buscar

Seguidores

Visitas



A Volta da "Coitada" - Parte II

Esses dias eu tava no shopping com a minha irmã e uma senhora parou pra ver eles, ficou conversando e perguntando de tudo. Eu já tava impaciente, empurrando o carrinho devagar pra ver se ela se tocava que eu não tava muito afim de papo. Aliás, sair com eles de carrinho no shopping é ser celebridade por um dia. Por isso acho que ser celebridade deve ser um saco! É ótimo ouvir os elogios e votos de felicidade, mas as vezes cansa ter que andar sorrindo pras pessoas ou parar a cada três passos porque alguém se atravancou na nossa frente pra vê-los, mas, voltando ao assunto da senhora que me parou, ela perguntou de tudo um pouco e eu respondi o que tava afim de responder.. De repente chega a filha dela, que devia ter uns 40 anos e a senhora diz pra ela: “-Olha, são gêmeos! Que amor, né?! Duas bênçãos!!” e pra minha surpresa, ao invés de ficar quieta, aquela diaba em forma de gente responde “-Eu tenho é pena”. Na hora a vontade era de encarnar a “Vera Verão” e responder “EEEEEEEEEEEEEEEPA, EPA EPA, PENA?! SÓ SE FOR DE TI QUE NÃO TEVE, NÉ MAL AMADA?”, mas olhei bem pra cara dela super séria, mostrando que ela falou uma asneira muito grande, empurrei o carrinho e fingi que não ouvia os elogios que a mãe dela ainda me fazia. Saí de cabeça erguida e indignada. 

Uma coisa era me falarem que eu era uma “coitada” enquanto estava grávida, outra é falar isso olhando pro rostinho dos meus filhos, que são uns amores.
Eu, bem disfarçada que sou, as vezes vejo que alguém tá se aproximando deles e discretamente olho pro lado como se não tivesse visto. É chato, eu sei, mas as vezes isso se faz necessário. Acreditem.

Ser mãe de gêmeos não foi uma escolha minha e sim foi uma escolha divina. Os anjos me escolheram, me abençoaram, me dando a oportunidade de gerar dois lindos bebês que alegram meus dias e dão sentido à minha vida.

Beijos,

Bru.

8 comentários:

  1. Eu bem sei o que é isso! Já passei por isso muito mais... Esses dias olharam pra eles e falaram: Esses são os trigêmeos.. dai eu disse cade o terceiro? Tem gente que pergunta quantos anos um tem e quantos o outro tem... E respiro fundo e falo são gêmeos! E saio... Mas é cada coisa!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Essa criatura só pode ser louca, Bru! Que horror! Tem gente que sente uma inveja tão grande que não consegue nem disfarçar. Certo que aquela senhora adoraria que a coroa solitária da filha dela tivesse dado pelo menos um neto, e ela se sente frustrada por ter fracassado nisso. Bem feito pra ela, nojenta, e que bom pra ti, que tem os anjinhos mais amados. Imagino a amargura dela enquanto a mãe não conseguia falar noutra coisa. Gente assim tem que ignorar. Deixar a criatura se afundar em sua própria infelicidade. Beijão, amada! Tô amando ler o teu blog.

    ResponderExcluir
  3. A verdadeira mãe leoa!!!! É isso mesmo Bru... tem o poema aquele que diz assim: Nunca deixes de sorrir, nem mesmo quando estiver triste, porque nunca se sabe quem pode se apaixonar por teu sorriso.
    Mas nunca se sabe também as loucuras que se ouve e se vê neste mundo... portanto, faça aquilo que teu coração mandar! Se tá afim, deixa se chegarem, se não, vire o rosto mesmo!
    TEUS BABIES SÃO UNS LINDOS!!!
    Bjooo, saudadeee

    ResponderExcluir
  4. Que shopping esse? O Iguatemi? Bom saber o que me espera, se fosse comigo eu pulava no pescoço dessa mulher, e com certeza eu daria alguma resposta nada educada. Eu admito que as vezes qdo tô sem paciência sou meio grossa, e imagine então se tratando das minhas filhinhas!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Mas... com as bebes no hospital e eu sem barriga eu admito que achei estranho ninguém vir falar comigo... Virei uma pessoa comum. Pq antes, a barriga era uma celebridade, e eu já não tinha a menor paciência com as perguntas.

    ResponderExcluir
  6. Bruna, acompanho seu blog há um tempo, mas nunca postei. Também estou grávida de gêmeas univitelinas e já experimento esse tipo de comentários desde o inicio da gravidez.
    Coisas do tipo: "nossa que gracinha, são gêmeos... graças a Deus que não é comigo."
    Graças a Deus mesmo, porque Deus não escolheria uma pessoa assim para tamanha benção!

    Mas não se preocupe com isso... fazer o que com a ignorância alheia não é mesmo?!
    E Parabéns pelos bebês!

    bjos,
    Aline (aline_zenha@yahoo.com.br)

    ResponderExcluir
  7. Coitada é ela...Somos abençoadas pq não escolhemos fomos escolhidas..qdo vou no medico finjo não ver..as pessoas dizem ah são gemeos..as vezes finjo não ver..parece que é coisa de outro mundo..imagino só qdo sair pra passear..hehehehe

    ResponderExcluir
  8. Um dia eu, tu, a Paula e os bebês temos que sair juntas no shopping. Daí sim quero ver os comentários! - :D

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário! :)