Buscar

Seguidores

Visitas



Ser Mãe

Realmente, não existem palavras que expliquem ou expressem o que é ser mãe. Sentir-se mãe.
Passar do papel de filha, pro papel de mãe. É uma mudança e uma responsabilidade muito grande. Talvez por isso a gestação dure 9 meses, para que aos poucos possamos ir nos preparando pra esse papel tão importante e lindo da nossa vida.


Desde que cheguei em casa com meus filhos, me sinto insegura. Parece que toda minha segurança da gravidez, se foi em um segundo pro ar. Ter eles nos braços é MUITO bom. Não sei explicar o quanto. Só sei que dá vontade de agarrar os dois e protegê-los de tudo e todos. Dá vontade de chorar muitas vezes. No hospital, cada visita que chegava significava lágrimas nos olhos e dependendo de quem era, o choro rolava mais solto ainda.


To sem tempo pra nada. Almoço é em torno de 16h30, e ainda assim é correndo. O banho é correndo também,  quando dá tempo. Postar no blog?? Raro. Mas sei que tenho leitoras assíduas e muito queridas, que torceram e torcem muito pela gente, então agora num momento de descanso enquanto ambos dormem no bercinho (sim, eles estão dormindo no mesmo berço), resolvi dar uma atualizadinha básica.


Ser mãe gera um sentimento tão lindo, tão sublime. Me deixou meio egoísta demais em relação à eles. A vontade é que ninguém pegue, ninguém toque, que o vento sopre devagar, que o trânsito pare de fazer barulho, que as gargantas falem mais baixo naturalmente, que a chuva refresque. Mas a maior vontade é que as pessoas sintam 1% do amor que tenho por eles, pelos outros.


Ser mãe é ser forte e fraca. É ter defeitos e o maior deles é tentar não tê-los, sendo perfeita. E essa sou eu. Uma mãe cheia de defeitos e que tem o maior deles, tentar ser perfeita.


Agora, quem assina o blog sou eu. Pedro e Lucca são pessoas à parte de mim, apesar de serem meus filhos. E o blog sim, é e sempre será dedicado à eles. Minhas vidas. Sim, eu tenho mais de uma.


Beijo,


Bru.

12 comentários:

  1. Aiiii que vontade de chorar Bru!!
    Lindo isso q tu descreveste! Deve ser a maior magica do mundo ser mae!
    To feliz q eles estao bem e tu tb, apesar dos momentos de fraqueza..isso faz parte daquilo q nos somos e dos sentimentos q as vezes nao entendemos!
    Boa sorte pra ti e pros teus pequeninhos!!
    Fique com Deus!
    Beijooos

    ResponderExcluir
  2. Bru, tu és uma fofa!
    Esses guris são muito abençoados por ter um anjo com tu na vida deles!
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. Lindooooo minha patroa querida. Eu e Thyago lemos juntinhos e ficamos emocionados e obviamente com aquela pergunta: está na nossa hora? hahaha Bjos para os 3!!!

    ResponderExcluir
  4. Bruna,parabéns mais uma vez pelos filhotes!
    Bom saber q ta tudo bem com vcs!
    Desejo muitas felicidades e principalmente muita saúde pra vcs 3!!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Muita felicidade a vcs !
    E aí foi parto normal? cadê as fotinhas dos fofuxos? :)) bjoss"s

    ResponderExcluir
  6. Acho que todo mãe tem esse sentimento...Se eu pudesse não deixava ninguem pegar minha filhota no colo...apenas eu e o papai kkkkkk...
    Adorei seu blog...bjs.

    http://wwwvousermame2009.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Bru
    Ótimo receber notícias de vcs!!!
    Estou amando ler teus posts com as "experiências de ser mãe", ainda mais em dose dupla!
    Parabéns pelo sublime papel de mãe que com certeza estás desempenhando tri bem!
    bjus

    ResponderExcluir
  8. Amei o post!!

    Ótimo saber que você e os bebes estão bem.

    Ainda não vi você no meu blog, estou te esperando lá.. Sei que essa fase é tudo super corrido e entendo tudo que falou... Sentia ciúmes quando alguém queria pega-los...

    Faça o que seu coração pedir, pois uma mãe nunca protege demais seu filho rescem nascido..

    Os meus quando nasceram, só quem pegava era eu, meu esposo, minha mãe e minha sogra, sogro... Pois se eles estavam quietos no berço pra que sair de lá né.. Hoje que estão maiores todos pegam.. Cada coisa a seu tempo.. rs

    Beijos e beijos!

    ResponderExcluir
  9. Amada!!!
    Quanto sentimento diferente e junto, né?!
    Essa coisa meio egoísta, acredite... acontece com 90% das mães... minha irmã era e é assim (e a Isa tem 3 anos, já) a esposa do meu primo com a Duda de 4 meses... acho que esse sentimento é natural, claro, deve ser controlado pra ti não virar uma mãe neurótica, hehehehe mas é normal!!!!

    Quando penso em ser mãe, não penso na gravidez, nem no parto... minha preocupação é com a vida que estará sob minha responsabilidade... tu sente isso tb??

    Ai Bru...
    Eu sinto um orgulho de ti... tu é uma guerreira, pra mim, uma fonte de inspiração...

    Amo vc...
    E te desejo sempre, tudo de melhor!!!

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Meus parabéns mãe do ano, que toda a felicidade dessa chegada seja aumentada mil vezes, pois você e eles merecem tudo de bom que a vida pode oferecer!!

    Eles tem uma supermãe de fato!

    ResponderExcluir
  11. Olá Bruna!!!
    Eu nunca comentei aqui, mas acompanhei toda a tua gravidez aqui pelo blog, mesmo sem nos conhecermos. Na verdade, nos conhecemos de um outro bloguinho o Noiva.com e por isso achei vc aqui!!!

    Te desejo tudo de bom nesta nova etapa da sua vida, que Deus te guie para que eduques teus pequenos da melhor forma possivel e que sejas muito feliz ao lado deles e que no futuro eles reconheçam essa mãezona que vc JÁ se tornou!!!

    Parabéns para vocês!!!

    Bjs,

    Carol Kerber

    ResponderExcluir
  12. Bubu,
    Quero te agradecer por ter me permitido assistir e acompanhar esse momento mágico, maravilhoso que foi a chegada dos teus milagres (e dos nossos anjinhos).
    Não tenho palavras pra descrever o que significou pra mim.
    Tu está me saindo uma excelente mãezona viu?
    Amo muito vcs!!!
    Beijos !!!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário! :)