Buscar

Seguidores

Visitas



Ser Pai e Mãe na Gravidez

Ouvimos e lemos muito sobre a ausência do pai na criação dos filhos, por causa da separação dos pais, mas pouco leio sobre a ausência do pai já na gestação.

Esse é o meu caso, como alguns sabem, antes de descobrir a gravidez, eu já havia me separado e desde então o único contato que tive com o papai, foi pra avisar da gravidez. Mas que fique claro, este post não é pra falar mal de ninguém, muito menos julgar. Este post tem o simples intuito de comentar sobre a minha gravidez longe do pai dos bebês, já que isso é um blog.

Não digo que é fácil, porque não é, definitivamente não.
Quando a gente engravida, ficamos frágeis, vulneráveis, carentes. Bate todo tipo de sentimento, ficamos inseguras. No meu caso, acho que todos esses sentimentos se multiplicaram por mil. Junto com esses sentimentos super apurados, vem um sentimento de egoísmo, mas não aquele egoísmo ruim, um egoísmo bom, digamos assim, já que meu egoísmo era baseado em "cuidar de mim, pra assim estar cuidando dos meus filhos".



Tive todo apoio da minha família, todo mesmo, muitos amigos se aproximaram e fiz novos, que quero levar pro resto da vida. Mas é claro que senti falta de poder compartilhar ecografias, o descobrimento dos sexos, a compra de enxoval, etc.. com o pai deles. Mas é como diz a máxima "tudo acontece no momento certo" e eu acredito MUITO nisso. Tive uma gravidez tranquila, sem problemas de saúde e me cuidei demais pra não me stressar.

Minha dica pra quem está na mesma situação, é que aproveitem cada segundo, cada chute, cada momento, curtam cada exame de imagem, façam de tudo, pensando no bebê que está sendo gerado. Ele (ou eles) vão precisar de todo carinho, calma e cuidados que vocês tiverem com o seu corpo, cabeça e coração. Acreditem ou não, eles sentem tudo isso.

Eu me sinto muito amparada pois tenho a melhor família e os melhores amigos desse mundo. E pode ter certeza, que vocês também se sentirão assim, basta deixar as pessoas se aproximarem, o que é muito importante nesse momento.
Se o pai do bebê (ou dos bebês) não está presente na gravidez, é porque é melhor assim pra gestante e pro bebê e também porque ele não merece compartilhar esse momento tão lindo. Se merecesse, estaria junto. Isso é fato.

Só uma coisa eu garanto: Quem sai perdendo é ele. O tempo não volta, e ver nossos filhos se formando dentro de nós nas ecografias, ver a barriga mexendo mais e mais a cada dia que passa, NÃO TEM PREÇO.

3 Beijos,

Bru, Pedro e Lucca

11 comentários:

  1. Lindona!!!! Tu nunca estará sozinha, e ainda bem que tu sabes disso!!!

    Quero te ajudar a limpar a bundinha cagada deles.. hehehehehehe

    Amo muito vcs ... és muito especial pra mim!


    Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Bru...

    Imagino o quanto deve ser difícil... E tu, mostra a cada dia o quão guerreira e forte tu és.
    Acredito que com toda a tua provação, tenhas aprendido muito... e isso de certa forma é muito bom, é com os exemplos, que eles vão construir o caráter .
    Tu jamais estarás sozinha, enquanto tiver amigos de verdade...
    Teus milagres serão muito amados... e eu creio, se orgulharão muito da mãe batalhadora que eles têm.

    Tu, pra mim, é um grande exemplo... me orgulho que me consideres amiga...

    Te desejo sempre... tudo de melhor, e sempre te coloco nas minhas mais sinceras orações.

    Um beijo enorme, nos três.
    Juli Donini.

    ResponderExcluir
  3. Bruna querida, nos conhecemos faz pouco tempo né?! Mas aprendi a te admirar como mulher e mãe! És tão nova, e tão guerreira, e esses bebês com certeza já sabem a Leoa que carrega eles na barriga. Conte comigo.
    Beijos,
    Cris.

    ResponderExcluir
  4. Minha patroa querida... da nossa parte aqui de casa não estará solita nuncaaaa!! Aguardamos a visita dos 3 no spa: garantimos assistência médica, passeios e massinhas hahahah

    ResponderExcluir
  5. Amiga querida!
    Saibas que de fato tu tens grandes amigas que nunca te deixarão a sós!
    Me orgulho de fazer parte, mesmo que de um pedacinho, dessa história maravilhosa!
    Tu és uma grande mulher e teus filhos com certeza já sabem disso!
    Um grande beijo e conte comigo sempre!
    Dani

    ResponderExcluir
  6. Bruna
    Embora te conheça só quase que virtualmente, adoro ler teu blog e acompanhar teu grande milagre de se tornar mãe desses 2 fofinhos!
    Acho que nem podemos imaginar o tamanho do teu desafio e do teu aprendizado, mas podemos imaginar tb o tamanho do teu presente que será a companhia desses 2 amigos fiéis e verdadeiros PARA A VIDA TODA! Quer coisa melhor? Vc nunca estará sozinha!
    Estou torcendo por ti e desejo tudo de bom pra vocês 3!
    bjus

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Em primeiro lugar quero te parabenizar por tanta garra...
    Não vivo nada parecido com sua história, só me identifiquei, pois estou do outro lado, me relaciono com um homem em que a ex mulher está grávida, não entendia o porque de tanto afeto dela por ele, e estamos em crise por conta disso, mas lendo sua história me fez ver o quanto ela precisa dele, muito mais do que eu, ele apoia financeiramente, mas tb não faz questão de participar desse momento tão maravilhoso que a geração de uma nova vida.
    Obrigada por me ajudar a compreender o outro lado...
    Continue assim, vc tem muito a ganhar...
    Felicidades para vcs três...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá Brun,
    Visitando alguns blog encontrei o seu e comoadoro a palavra Gêmeos resolvi entrar rsrsr
    Muito interessante sua historia,e bonita tbém ainda mais agora com essas duas bênçãos que Deus te enviou.Parabéns pelos bêbes e pela sua determinação de superar cada fase fazendo o papel de mãe e pai,tudo na vida tem um proposito de Deus e creio que na sua não vai ser diferente.
    Grandes coisas Deus tem preparado para vc!!!
    Parabéns
    Cris

    ResponderExcluir
  9. Me sinto muito feliz lendo essas msgs de carinho das tuas amigas.É muito bom saber o qto tu é querida pra elas.
    Nem preciso dizer o qto tu é importante e amada por mim, aliás, vcs.
    Conte comigo SEMPRE!!!
    Beijão!!

    ResponderExcluir
  10. Amigaaaaa
    Estamos todas aqui pra te dar força nos momentos difíceis e compartilhar contigo os momentos de alegria!
    Por questões logísticas fica difícil estar presente pessoalmente, mas vocês 3 estão sempre no meu pensamento e nas minhas orações.
    Força amiga! Esses gurizões precisam de ti!

    Bjo grande

    ResponderExcluir
  11. Olá minha linda! Estou a passar pela mesma situação. O que me mantem firme é pensar acima de td na saúde do meu bebé. Não puderia conhecer a sua História em melhor altura.Deu-me bastante força. Deus te abencoe sempre!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário! :)